La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
10
Nov 08
publicado por António de Almeida, às 14:34link do post | comentar

    -Hoje no fórum da TSF o presidente da FEPICOP defendeu a protecção do estado face ao eventual interesse das construtoras espanholas nos mega-investimentos que o governo pretende realizar em obras públicas. Era o que mais nos faltava, que além de obrigados a pagar por projectos financeiramente pouco rentáveis, alguns mesmo insustentáveis, para cúmulo ainda pagarmos uma espécie de valor acrescentado, pelo facto de muitas empresas cá do rectângulo não estarem habituadas a essa prática estranhíssima para elas, a que chamo concorrência. Para cúmulo as obras são co-financiadas pela U.E., que jamais iria comparticipar tal bizarria. Manuel Pinho não se comprometeu com tais estranhas e patéticas declarações.


31
Out 08
publicado por António de Almeida, às 13:26link do post | comentar

      -A Brisa, empresa concessionária da maioria das auto-estradas portuguesas, registou um decréscimo de 6 mil carros por dia a circularem nas vias. O primeiro ministro José Sócrates porque descobriu de repente que o país deveria assentar o seu crescimento económico na cartilha keynesiana, mantém o investimento nas grandes obras públicas, entre as quais as auto-estradas. Está certo, no final alguém pagará a factura, deixem-me adivinhar quem será!


21
Out 08
publicado por António de Almeida, às 14:26link do post | comentar | ver comentários (1)

       -O Ministro das Obras Públicas Mário Lino, considerou disparatadas as declarações de Manuela Ferreira Leite sobre os grandes investimentos que o governo pretende levar a cabo na construção de infra-estruturas. Recorde-se que a líder do PSD tinha afirmado que os mega projectos eram mais úteis ás grandes empresas e construtoras, do que ao país. Onde terá ido M.F.L. buscar tal ideia bizarra? Em Portugal até hoje nunca a utilidade de qualquer obra pública foi colocada em causa, basta lembrar os estádios construídos para o EURO 2004 que domingo a domingo enchem de espectadores vibrando com o maravilhoso futebol português, com particular destaque para o estádio do Allgarve. Os orçamentos são sempre cumpridos, recordo as obras do metro no Terreiro do Paço, que até provocaram prejuízos às construtoras, levando os membros do Conselho de Administração do Metropolitano de Lisboa a recusarem os prémios chorudos a que tiveram direito. Poderia continuar a lista dos investimentos estruturantes que conduziram Portugal à 1ª linha dos países europeus mais desenvolvidos, modernização da Linha do Norte, construção de auto-estradas, ponte Vasco da Gama, Centro Cultural de Belém, Metropolitano do Porto, Expo 98, Casa da Música entre outros. José Sócrates e Mário Lino irão certamente oferecer aos portugueses uma prosperidade e progresso económico, no mínimo idêntica aquela que os seus antecessores nos proporcionaram com os projectos acima mencionados como exemplo.


01
Out 08
publicado por António de Almeida, às 17:41link do post | comentar | ver comentários (1)

      -O ministro Mário Lino não encontra razões para o governo parar as obras devido à crise financeira, eu de repente lembro-me já de uma, os bancos a dispostos a correrem menos riscos na concessão de crédito, com a agravante das constantes subidas das taxas de juro, julgo que o número de pedidos de empréstimo para férias no estrangeiro tenderá a baixar, ainda esta semana Manuel Pinho afirmou que teremos de nos habituar a viver com o fim do dinheiro barato. Ora perante tal cenário, julgo ser razoável pensar que o fluxo de tráfego aéreo tenderá a diminuir, o que poderá colocar em causa a necessidade da construção de um novo aeroporto. Talvez não seja do interesse do governo, da Mota-Engil ou da Lusoponte, mas os portugueses, nomeadamente as gerações futuras que correm o risco de nascer hipotecadas pela teimosia de confundir desenvolvimento com betão, agradeciam que se procedesse a um estudo sério sobre este e outros projectos, antes que se repita o esbanjamento monumental que significou a construção de 10 estádios de futebol.


mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
blogs SAPO