Viva a liberdade!!

Bom Natal e feliz 2010 para si e para quem desejar!
São Banza a 21 de Dezembro de 2009 às 15:41

Defendo que quem não se sinta bem com o estado que tem, que emigre para outro país e prescinda da sua nacionalidade de origem. A violência estatal a que esta jovem esteve sujeita não aconteceria na Somália...
manuel gouveia a 21 de Dezembro de 2009 às 16:15

Não seria mais fácil o Estado respeitar a vontade da adolescente que até estava autorizada pelos pais?

Obviamente que não, uma vez que a jovem está inserida num sistema de ensino e de saúde suportado pelo estado e porque tem que aceitar as regras do seu país como se fosse uma emigrante...
manuel gouveia a 21 de Dezembro de 2009 às 20:48