La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
22
Out 09
publicado por António de Almeida, às 12:00link do post | comentar

   -Nos últimos dias tem existido alguma polémica sobre os castigos ou praxes aplicadas a alunos do Colégio Militar. Convém relembrar que se trata de uma instituição militar de ensino, considerada escola pública, com mensalidade fixada em 681 Euros, à qual os encarregados de educação de forma voluntária confiam a educação dos seus filhos, visando neles incutir um espírito de organização e disciplina. Não defendo obviamente agressões e alguns excessos que manifestamente são casos de polícia, mas queixas sobre a dureza dos castigos ou exigência demasiado rigorosa em matéria de comportamento, francamente. Existem outras escolhas disponíveis no mercado, felizmente não somos todos iguais...


Analisando esta situação pela rama, porque mais não me é possível, arrisco a dizer que o Colégio Militar dos nossos tempos já pouco terá a ver com o prestígio de antigamente, basta ter em conta, que os jovens actuais são bem diferentes dos de antigamente.
Quando estes pais se dispõem a pagar mais de 6oo euros mensais, para que os filhos frequentem este colégio, significa isto, antes de mais, que o dinheiro não lhes faz falta, e depois, que não se sentem capazes de por si mesmos, educarem os filhos, incutindo-lhes o espírito de disciplina, o que à partida, bem vistas as coisas, desculpabiliza todos os outros jovens dos actos menos lícitos, afinal, que culpa terão por não terem tido direito à mesma educação dos meninos, filhos de quem muito pode?
Milu a 22 de Outubro de 2009 às 16:23

Acredito que alguns gastam até o que não têm, conheço quem endividado mantenha os filhos em bons colégios particulares, procurando manter aparências, mas é claro que estou a falar de uma minoria dentro de outra, uma andorinha nunca fez a Primavera...

Ainda bem que sou uma moçoila muito gira, e não tenho que frequentar sitios desse tipo.;)
Praxes sempre se fez, e se vão fazer.
Claro que o que é feito com maldade tem de ser punido.
Se os castigos são demasiado severos, deviam ouvir as histórias que eu ouvia dos meu avós, quando andavam na escola, e ninguém refilava.
Hoje em dia qualquer coisinha o puto tem que ir para o psiquiatra.
Caramba nem tanto mar nem tanto à terra.
o meio termo ainda neste século ninguém o conseguiu atingir.
beijokas
Ana Campos a 22 de Outubro de 2009 às 16:38

Ainda bem que sou uma moçoila muito gira, e não tenho que frequentar sitios desse tipo.;)

Também ouvi histórias "interessantes" passadas no Instituto de Odivelas, verdadeiras ou algo exageradas, obviamente não sei...

bem visto. Se é facultativo só para lá vai quem... tem dinheiro para tal. Parece que é de elite.
Daniel João Santos a 22 de Outubro de 2009 às 21:49

Sim, mas quando pensamos que daqui vão sair os oficiais do exército e da polícia... homens formados numa cultura da punição física para redimir comportamentos e falhas, temos que admitir que no mínimo isso é perigoso. Para todos nós que um dia, quando formos velhinhos, teremos estes meninos a mandar e supostamente a zelar pelo nosso bem estar!
manuel gouveia a 23 de Outubro de 2009 às 10:24

Meu caro estás a fazer confusão, os oficiais da polícia actualmente nem saem do exército, os oficiais do exército são formados pela Academia Militar. É certo que alguns destes alunos ingressam na AM, mas têm de passar por todo um curso de formação, aberto a todos os que tendo completado o 12º ano de escolaridade, o pretendam fazer.

Eu tenho GNR na minha zona...

Também tens PSP.

Mau feitio!
manuel gouveia a 23 de Outubro de 2009 às 17:34

Estalou o verniz no impoluto Colégio Militar devidos às alegadas práticas de violência física sobre os alunos mais novos daquela instituição. Enquanto uns pais retiraram de lá os seus filhos, outros manifestaram o seu apoio ao Colégio, quais virgens ofendidas. Não se lembram que a seguir podem ser os seus filhos, os alvos, mesmo entre miúdos oriundos de estratos sociais mais elevados. Talvez pensem que são intocáveis, a verdadeira elite da sociedade portuguesa à prova de escândalos. Espero que, à semelhança de outros estabelecimentos de ensino público, se castigue exemplarmente os agressores, de preferência, sem silêncios cúmplices, pois já se chegou à conclusão que para "ser homem" e bom cidadão não é necessário frequentar esses tipos de instituições nem ser exibicionista.



Dylan a 27 de Outubro de 2009 às 23:45

Talvez pensem que são intocáveis, a verdadeira elite da sociedade portuguesa à prova de escândalos.

O Colégio Militar é frequentado sobretudo por filhos de militares e/ou de antigos alunos. A "elite" se assim lhe quiser chamar, e julgo que estará a referir-se ao poder económico, não anda ali, à parte uma ou outra excepção.

mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

17




comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
blogs SAPO