Se eu fosse bastante rico, não vivesse em Portugal e não tivesse que me preocupar com o meu futuro nem dos meus filhos, também era capaz de apoiar!
lumadian a 25 de Setembro de 2009 às 22:53

Ou seja: como é fácil falar de barriga cheia...
Cristina Ribeiro a 25 de Setembro de 2009 às 23:26

BPN agradecido... pelo menos não é mal agradecido.
manuel gouveia a 26 de Setembro de 2009 às 01:06