E ainda bem que não a desperdiçou! Haja alguém com um pouco de princípios. Querem transformar a política num negócio ainda maior do que já é, descaradamente, frente aos olhos de todos. Fosse para agradar aos portugueses ou não, Cavaco não fez mais do que o seu dever moral.
sara a 9 de Junho de 2009 às 11:16

Tinha de o fazer para que a credibilidade não se desmorone por completo!!
Cristina Ribeiro a 9 de Junho de 2009 às 20:19

Ás tantas calhou...
manuel gouveia a 9 de Junho de 2009 às 21:51