La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
31
Jan 09
publicado por António de Almeida, às 10:07link do post | comentar

    -Os e-mails trocados entre os responsáveis do Freeport e Charles Smith, revelam que este último possuía um conhecimento das datas em que seriam tomadas as decisões relevantes para o processo. No mínimo parece ter existido uma relação próxima entre os promotores imobiliários, a C.M.Alcochete e o Ministério do Ambiente. Para além das notícias até agora divulgadas, a investigação jornalística aperta o cerco em torno de José Sócrates e seus familiares, divulgando detalhes de negócios imobiliários da mãe do P.M., como a compra de apartamento a empresa sediada em off-shore. Alguns pormenores são de difícil explicação, a Justiça portuguesa é demasiado lenta e não tem nos últimos anos conseguido produzir resultados satisfatórios em matéria de combate à corrupção, será natural que os portugueses se questionem sobre a idoneidade dos políticos em geral, não apenas neste caso particular, as decisões de governos em gestão sempre levantaram dúvidas de legalidade, o Freeport não constitui caso único, também o SIRESP ou Casino de Lisboa levantaram polémica, para falar apenas nos mais recentes. Resta-nos o jornalismo de investigação, porque sinceramente e face aos factos até agora conhecidos, fica-se com a sensação que este caso continuaria parado nos gabinetes da Procuradoria, caso não tivesse surgido a investigação britânica.

tags:

Diz o autor do "post" que se "aperta o cerco em torno de José Sócrates e seus familiares, divulgando pormenores sobre negócios imobiliários da mãe do P.M., com a compra de apartamento a empresa sediada em off-shore". A noticia do CM diz que "a maioria dos outros proprietários fizeram a aquisição a uma outra “offshore”, a Heron Internacional, N.V., das Antilhas Holandesas e ainda que "o apartamento da tinha um valor tributável de 224 mil euros" e no mesmo ano, a mãe "vendeu a sua moradia na zona de Cobre, em Cascais".
Nada de substantivo para além duma necessidade compulsiva de bisbilhotar a vida alheia - na circunstância da Sra. Maria Adelaide Carvalho Monteiro.
C Oliveira a 31 de Janeiro de 2009 às 12:11

O que respondi ao sr. Jerónimo serve para si, a mãe está mais próxima do que o tio, realmente o cerco aperta-se, coscuvilhice ou não, logo o saberemos, não teci considerações, destaquei partes da notícia.

mais sobre mim
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
blogs SAPO