O barco mete água por todos os lados mas, lá em cima, no convés dos priveligiados, andam à bulha ... "eu é que sei, não, perdão, nós é que sabemos" ... e nós, cá em baixo, a ver a água a subir!
Eu até ajudo e estou disponível para ajudar a safar o barco, mas alguém se entenda e tomem conta das velas, do cordame, do leme e dos remos ...
Ferreira-Pinto a 21 de Janeiro de 2009 às 10:37

Cada um de nós deve fazer frente à crise conforme lhe aprouver, for capaz ou puder! Não podemos crer em nada do que estes senhores nos dizem! Eles não sabem o que andam a fazer! É ridículo que sumidades da economia nos apresentem cenários que construíram, baseando-se em dados de 2 meses atrás, numa situação de crise e da qual nem bem se sabe da sua extensão! Uma semana basta para acontecerem sérias alterações, até para ficar tudo de pantanas, quanto mais dois meses! A única certeza que temos é que esta situação resultou de um total desgoverno e de uma ganância sem limites!
Milu a 21 de Janeiro de 2009 às 13:27