La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
14
Jan 09
publicado por António de Almeida, às 09:27link do post | comentar

    O Cardeal Patriarca de Lisboa surpreendeu ontem ao advertir numa tertúlia no Casino da Figueira da Foz, as jovens portuguesas para eventuais perigos que podem decorrer do casamento com fiéis muçulmanos. D. José Policarpo não defendeu qualquer proibição nem tão pouco condenou o acto em si, ainda que possamos considerar as suas declarações inábeis, inoportunas ou pouco correctas, haverá certamente quem já vislumbre nelas a intolerância, as mesmas são absolutamente certeiras. Uma mulher casada com um muçulmano, se visitar em turismo alguns países islâmicos, fica sujeita a obedecer à Lei Islâmica. Claro que esta é uma questão do foro individual de cada um, quem não quer ser lobo escusa de lhe vestir a pele, a Igreja Católica em si mesma nem tomou qualquer posição sobre um assunto que não lhe diz respeito, D. José Policarpo é um cidadão como qualquer outro, com total liberdade para expressar os seus pontos de vista, que apenas responsabilizam o próprio.

tags:

Sem "mas" ... eu nem sequer sou católico, mas o homem está carregado de razão!
Ferreira-Pinto a 14 de Janeiro de 2009 às 12:09

O titulo da noticia no publico parecia intolerância da igreja católica Portuguesa mas depois de ler a noticia faz todo o sentido.
A noticia é interessante especialmente para mim que estou de na Turquia (em Izmir) e algumas das minhas amigas Alemãs andam em namoros com Turcos (muçulmanos), parece que vou ter uma conversa séria com elas pois talvez estes detalhes que o Sr. Bispo se referiu também não sejam do conhecimento delas...
Tiago a 14 de Janeiro de 2009 às 12:54

Discordo na totalidade com as afirmações do senhor patriarca.
Tiago R Cardoso a 14 de Janeiro de 2009 às 18:01

ja passou o ano europeu do diálogo intercultural.
sao declaraçoes inaceitaveis.
talvez quem seja fanatico entre os muçulmanos diga o mesmo: "n se case com catolicos".
gustavo a 14 de Janeiro de 2009 às 20:22

talvez quem seja fanatico entre os muçulmanos diga o mesmo: "n se case com catolicos".talvez quem seja fanatico entre os muçulmanos diga o mesmo: "n se case com catolicos".

-Uma muçulmana não se pode casar com um cristão, nem sequer com um ateu. Está proíbida pela Lei Islâmica...

Que debate tão interessante! Meus compatriotas "tugas" vá apreendam algo que eu não duro sempre: The Arrivals thearrivals.blogspot.com Aqui meus caros vão compreender o que está em Jogo! O Islão é a salvação Palavra de Muçulmano Português de Gema! Vamos toca a usar o cérebro!
Ulrich a 14 de Janeiro de 2009 às 22:29

....

Leis, proibições, e a intolerâncias entre as denominações...

Eis as regras que o próprio e coitado homem faz.


Pena, pois esquece do essencial, o AMOR entre os povos.

...


(a)braços,fores,girassóis:)
Lampejos a 14 de Janeiro de 2009 às 23:37

Até posso pensar que , uma jovem criada no mundo ocidental, cristão, capitalista , se aventurar a ser uma esposa ou companheira de um muçulmano, no país deste, poderá ser uma tremenda "robada"..rsrsrsrs
Mas, o Cardeal poderia ter esperado uma ocasião melhor pra falar do assunto, não???
Forte abraço Caro Blogueiro...
antonio a 15 de Janeiro de 2009 às 01:09

mais sobre mim
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
blogs SAPO