La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
29
Out 08
publicado por António de Almeida, às 15:22link do post | comentar

     -Mais uma vez as escolas privadas ocupam os primeiros lugares no ranking, apenas a D.Maria em Coimbra aparece em 17º lugar. O facilitismo dos exames foi igual para todos, enquanto na escola pública os professores perderam autoridade, são desrespeitados por alunos e encarregados de educação, têm de aturar nas aulas toda a espécie de bardinagem e arruaceiros pouco interessados em aprender, prejudicando outros, no privado tal não acontece, só está quem quer, disciplina é uma palavra com significado. Outros factores como o absentismo e greves não deixam de contribuir de forma mais ou menos acentuada para os maus resultados do ensino público. Enquanto não for permitido às escolas escolher livremente o seu corpo docente, e remunerar de forma diferenciada os seus professores de acordo com o desempenho obtido, continuará a prevalecer a mediocridade. Depois seria necessário que o financiamento da própria escola variasse em função dos resultados, chama-se gerir por objectivos, algo que sindicatos e alguns menos capazes não apreciam, mas que acabaria com feudos e coutadas, para além de premiar os verdadeiros profissionais.

 

Adenda: O CNE aponta precisamente no caminho errado.


Mas que raio de mania alguns insistem em querer comparar a escola a empresas, com essa loucura da gestão por objectivos na escola... até parece o retorno aos Planos quinquenais soviéticos que tantos abominaram. Será que eram maus lá, mas aqui já servem?
Carlos Nunes a 29 de Outubro de 2008 às 16:49

Boas...

A Saúde cada vez é menos pública e a Educação seguirá o mesmo caminho.
é pena é que quem "gere" os destinos de cá do "rectângulo" se esqueça que na Constituição Potuguesa se afirma que ambas devam ser tendencialmente públicas e gratuitas, o que cada vez é menos o que acontece.

abr...prof...
NuNo_r a 30 de Outubro de 2008 às 00:37

Nuno, a Constituição fala em tendencialmente gratuita, nada diz quanto a pública ou privada, embora seja legítimo pressupor que gratuita significa pública, embora seja possível privada e concessionada.

mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
blogs SAPO