La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
26
Abr 08
publicado por António de Almeida, às 11:59link do post | comentar

Santana nega ser candidato contra vontade de Menezes e diz que teria apoiado Marcelo 

        -Muitos ainda não perceberam as razões que levaram o então Presidente da República, Jorge Sampaio a dissolver a Assembleia da República, entre os quais certamente estará Santana Lopes. Convencido que não chegou a ter tempo para mostrar serviço perante o país, afirmou ao partido na hora da despedida, que iria andar por aí, apostou num processo de reabilitação da sua imagem, associada a gaffes e trapalhadas, o que gradualmente até vinha conseguindo. Tem tido um razoável desempenho enquanto lider parlamentar, não sendo obviamente o culpado pela falta de credibilidade e ziguezagues constantes que caracterizaram os meses de liderança de Luis Filipe Menezes no PSD. Só que em 2004 existia em Portugal um mito, o da invencibilidade de Santana Lopes em eleições, mito esse que no ano 2005 viria a terminar com um dos piores resultados na história do partido em legislativas, e maioria absoluta, a primeira em termos históricos do PS e José Socrates. Estarão hoje reunidas condições para Santana Lopes inverter os resultados de 2005? Julgo que manifestamente não, olhando para o país, percebe-se que existe desgaste do governo, mas nenhum apoio nas lideranças dos partidos sentados á direita no hemiciclo, Paulo Portas ainda está a ser penalizado pelo regresso precipitado, nomeadamente pela forma truculenta como Ribeiro e Castro foi apeado da liderança, episódio que os portugueses não esquecem facilmente e faz com que o PP tenha hoje sondagens pouco favoráveis, veremos a sua capacidade de recuperação até 2009. O que manifestamente os portugueses não precisam é que sejam os dois derrotados nas legislativas de 2005 a enfrentarem Socrates, o qual poderá já começar a preparar o próximo executivo na hipótese de Santana Lopes vencer as directas no partido, pois perante tal cenário nova maioria absoluta será practicamente certa.  Ter ou não o apoio de Menezes será importante para Santana Lopes ganhar o partido, é uma questão de pormenor meramente interno, mas sem as figuras mais prestigiadas no país, militantes ou não, será impossível ganhar o país, algo que Santana Lopes teima em não perceber, apostado que está na desforra, a qual apenas por suicídio poderá ser permitida pelos militantes.


Santana deveria ter a capacidade de ver que junto dos portugueses, não tem hipóteses.

Deveria ter sabido esperar mais, deverei ver os resultados que viram em 2009 e depois sim avançaria.

Tiago R Cardoso a 26 de Abril de 2008 às 16:56

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
blogs SAPO