La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
publicado por António de Almeida, às 14:47link do post | comentar

    -Como tenho vindo a afirmar falar é fácil, mais difícil é agir, o M.E.  acusa os sindicatos de intransigência, mas não apresenta qualquer alternativa ao actual modelo de avaliação. Falar é fácil, mais difícil é apresentar propostas concretas, por um lado temos os que defendem a auto-avaliação, que está bom de ver não conduz a parte alguma nem separa o trigo do joio, o mesmo quer dizer os competentes dos incompetentes, por outro temos um deserto de ideias, uma posição irredutível, daqui não saio, daqui ninguém me tira. Estão bem uns para os outros, perde a educação, perde o país.


publicado por António de Almeida, às 12:13link do post | comentar | ver comentários (2)

     -Com a economia em recessão, a inflação em queda abrupta, na próxima semana o BCE não terá alternativa senão baixar a taxa de juro, provavelmente em 0,5%. Adivinham-se tempos difíceis como bem lembra o Presidente da República. O OE aprovado hoje na A.R. com os votos do PS por estar construído com base em crescimento irrealista, não promete nada de bom para 2009.

tags:

publicado por António de Almeida, às 10:23link do post | comentar | ver comentários (3)

      -O ataque terrorista perpetrado contra a Índia está carregado de enorme simbologia, desde logo o alvo escolhido, Mumbai o coração financeiro da maior democracia do mundo, local de confluência de turismo, cultura e negócios. A escolha das vítimas também não foi obra do acaso, ocidentais, judeus e hindus. O método escolhido não é propriamente inédito, mas desta vez no lugar dos bombistas suicidas apareceram guerrilheiros dispostos a lutar até à morte, bem organizados atacando vários locais em simultâneo, aguentando-se vivos o maior tempo possível, provocando o maior número de baixas que conseguiram, alguns ao que parece ainda resistem entrincheirados utilizando reféns como escudo. A guerra contra o terrorismo está longe do fim, a civilização enfrenta selvagens que desprezam por completo a vida humana, será bom que os governos ocidentais encarem o facto de frente, porque ninguém está a salvo nem antecipa qual será o local do próximo ataque, e não restam dúvidas, estas bestas voltarão a atacar. A civilização não deve ficar resguardada no medo, mas enfrentar estes assassinos cobardes, apesar de existir quem os considere pessoas como nós, tenho dificuldade em classificar tais bárbaros como pessoas.


mais sobre mim
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO