La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
30
Out 08
publicado por António de Almeida, às 16:20link do post | comentar | ver comentários (2)

 

 


publicado por António de Almeida, às 12:08link do post | comentar | ver comentários (1)

     

      -Desde 1980 até hoje sempre apoiei candidatos do Partido Republicano, excepção a 2004 que passei relativamente indiferente à disputa W.Bush vs Kerry, por discordar do primeiro mas longe de desejar uma vitória do Democrata. Em 2008 apoio Barack Obama, por considerar que face à expectativa que conseguiu gerar à sua volta poderá contribuir para um clima de optimismo na América e no mundo, bem necessário nos dias que correm, mas também por sentir que o senador do Illinois está preparado para lidar com as questões internacionais, do Iraque ao Afeganistão, passando pelo médio-oriente, e que apesar da disponibilidade manifestada para conversar com alguns governantes pouco recomendáveis, os EUA continuarão a ser um defensor da democracia e liberdade. Sei que não será fácil a tarefa de Obama, a onda que criou em seu redor gerou uma esperança quase messiânica, à qual será sempre díficil corresponder, julgo que alguma esquerda intelectual europeia, portuguesa incluida, será a primeira a ficar desiludida, mas se assim acontecer serão boas notícias. Muitos questionam os apoios recebidos, que permitiram bater em primeiro lugar Hillary Clinton nas primárias, o que era de todo improvável à partida, e agora Obama prepara-se para fazer história, conseguindo ganhar estados como a Virgínia ou Carolina do Norte, arrasando eleitoralmente um John McCain que teve contra si suceder a George W. Bush, o pior presidente que governou o país desde Jimmy Carter. Ontem Obama comprou 30 minutos de prime time nas principais cadeias de televisão, a excepção foi a CNN onde McCain se apresentou bem diante de Larry King, procurando ainda reverter o que já é imparável. Os apoios de Obama vêm em primeiro lugar de pessoas que nunca se interessaram por política, e até de muitos Republicanos convictos, desiludidos com a tomada de poder no seu partido por parte de fanáticos evangélicos fundamentalistas. Fará bem ao GOP uma derrota monumental, para expurgar a seita da liderança do partido, permitindo uma renovação tranquila que traga de volta a casa os valores de sempre, menos estado, mais liberdade.


publicado por António de Almeida, às 10:40link do post | comentar | ver comentários (3)

         -Seria justo que uma empresa ficasse obrigada a entregar o IVA ao estado, quando efectivamente recebe do seu cliente o pagamento pelo bem ou serviço transaccionado. Em Portugal vigora a regra do imposto ser pago após a emissão de factura, e não do recibo, o que é duplamente injusto, porque obriga à liquidação por parte de quem não recebeu, e permite a dedução por parte de quem não pagou. Convém relembrar os mais distraídos, que para ser possível liquidar o IVA apenas após a emissão de recibo, seria obviamente necessário apenas aceitar a dedução das verbas efectivamente liquidadas, e não facturadas como acontece actualmente. A injustiça é tanto maior, quanto muitas vezes é o próprio estado a pagar tardiamente, exigindo que as empresas entreguem ao Estado dinheiro que ainda se encontra na posse do Estado. Alterando agora o artigo 114º do RGIT através do O.E. o governo presta um mau serviço à competitividade das empresas, mas já percebemos que apoios apenas estão disponíveis para bancos, e dinheiro para financiar as grandes obras, verdadeiros mastodontes em matéria de delapidação das contas públicas.


publicado por António de Almeida, às 10:13link do post | comentar | ver comentários (5)

    -Manuela Ferreira Leite vem pela primeira vez afirmar que governará o país em caso de vitória, mesmo que obtendo uma maioria relativa, e qualquer outro resultado que não seja o PSD ficar à frente do PS, significará uma derrota. Registo estas declarações para memória futura, não apareçam em caso de perda de maioria absoluta por parte do PS algumas cabeças sociais democratas a reclamarem uma vitória fantasma, já que segundo a líder da oposição, ou perde-se, ou ganha-se.


mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO