La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
10
Out 08
publicado por António de Almeida, às 22:23link do post | comentar

        -Após a polémica descoberta da existência de rendas na C.M.L. a preço de amigo, apenas para alguns é claro, surge agora a divulgação da lista dos beneficiários das tais casinhas. Por lá existe de tudo, desde ex-deputados a pagarem um valor inferior a 10 Euros por habitação a pessoas que pagam 3 Euros, por maiores que sejam as dificuldades, relembre-se que estas habitações não são sociais nem realojamentos, estando os valores mais elevados abaixo de 700 Euros, bastante inferiores aos preços de mercado em Lisboa, onde estudantes pagam cerca de 200 Euros em média por quarto. A C.M.L. presidida por António Costa, que sente grandes dificuldades de tesouraria, faz agora um ano vivemos todo aquele episódio rocambolesco do empréstimo, terá aqui uma oportunidade de obter financiamento, colocar estas casas à venda no mercado, ainda que possa oferecer direito de preferência a quem as habita.

tags:

publicado por António de Almeida, às 09:16link do post | comentar | ver comentários (12)

      -Uma sondagem ontem revelada não deixa margem para dúvidas, a maioria da população portuguesa está contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e gostaria de ver realizado um referendo sobre a matéria. O PS apesar das suas contradições internas e equívocos, acaba por respeitar o sentimento da maioria dos portugueses, e do seu próprio eleitorado, 51-47 a crer na sondagem. Parece-me que seria oportuno os partidos da direita parlamentar avançarem para a criação jurídica de união civil registada notarialmente, resolvendo problemas reais de pessoas concretas, deixando as paradas e folclores entregues aos jacobinos, que teimam em procurar impor a sua doutrina à sociedade, pois nem o PS se compromete para lá da discussão sobre o assunto na próxima legislatura. Se pretenderem, também não seria desprezível submeter a questão aos portugueses, afinal um casamento é um contrato reconhecido pela sociedade, que não lhe poderá ser imposto se esta não o quiser aceitar.


mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO