La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
05
Out 08
publicado por António de Almeida, às 21:33link do post | comentar | ver comentários (5)

      -Bastaram 5 jornadas para que a disputa do título nacional de futebol ficasse reduzida ao S.L.Benfica e F.C.Porto, após vitória dos dragões em Alvalade, diante duma incompetente equipa leonina. Na passada semana no estádio da Luz, após uma boa primeira parte o Sporting C.P. começou a ser derrotado num detalhe, Rochemback ficou a discutir uma decisão do árbitro, enquanto Reyes jogou e marcou, hoje a história repetiu-se, os leões são uma completa nulidade em termos de lances de bola parada, o F.C.Porto até por Bruno Alves que não é de todo especialista, aproveita, deixando a nú as fragilidades de Rochemback, Rui Patrício & Cª. Iremos ter até final do campeonato mais do mesmo, o Sporting C.P. apenas poderá aproveitar o eventual colapso dum rival, a acontecer, mas longe de poder lutar pelo título. Uma presidência medíocre, um treinador pouco competente, e reforços de qualidade duvidosa, à cabeça dos quais Rochemback, um verdadeiro embuste, se tivesse qualidade teria singrado em Inglaterra, irão colocar o Sporting C.P. no lugar do costume, o 3º, já que estão inequivocamente uns furos abaixo dos rivais, em todos os detalhes que marcam as diferenças num jogo de futebol. Parabéns ao F.C.Porto, vitória da melhor equipa a evoluir no relvado, a única que verdadeiramente procurou amealhar os 3 pontos em disputa.


publicado por António de Almeida, às 14:21link do post | comentar | ver comentários (1)

       -O Presidente da República afirmou hoje no discurso comemorativo do golpe de estado que derrubou a monarquia, que Portugal vive tempos difíceis que não podem ser disfarçados. Curioso paralelismo com o dia que hoje se evoca, em 1910 os tempos eram de esperança, mas a mediocridade da classe política emergente, a par de intrigas palacianas, misturadas com alguns oportunismos e canalhices, conduziram Portugal à inevitabilidade do Estado Novo, hoje, 34 anos após o restabelecimento da Democracia, e já com duas décadas de integração europeia, apesar das verbas avultadas recebidas para apoiar o desenvolvimento do país, verifica-se que não aprendemos com os erros da I República, a corrupção, tráfego de influências, falta de rigor na gestão dos dinheiros públicos, insegurança dos cidadãos, pobreza e exclusão social, continuam a ser uma realidade em pleno século XXI.


mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO