La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
29
Abr 08
publicado por António de Almeida, às 22:37link do post | comentar

PSD: Passos Coelho propõe mais liberdade na vida pública, económica e privada

      -Pedro Passos Coelho é o primeiro dos candidatos á liderança do PSD a apresentar as linhas programáticas que pretende propôr ao país, caso venha a liderar o partido. Mais do que contar espingardas, saber quem apoia quem, se mais alguém avança ou não, é bom que se comecem a debater ideias, para que os militantes possam separar o trigo do joio. Passos Coelho apresenta sem surpresa uma visão liberal do estado e da sociedade, com a qual naturalmente concordo, mas são apenas linhas orientadoras, veremos mais á frente se consegue articular propostas nesse sentido ou ficará refém de compromissos que tanto PSD como PS quando são governo satisfazem, não permitindo o emagrecimento do estado.


publicado por António de Almeida, às 15:26link do post | comentar

Ministro da Administração Interna considera "desaconselhável" haver apenas um agente nas esquadras 

Ainda bem que o Ministro da Administração Interna, Rui Pereira, considera desaconselhável que as esquadras possam permanecer com apenas um agente no seu interior. Desaconselhável apenas, porque se considerasse tal situação inaceitável, poderia ser obrigado a fechar esquadras por falta de efectivos, e ainda levar um puxão de orelhas por parte do primeiro ministro ou do ministro das finanças, já que um corpo policial que assegure requisitos mínimos custa dinheiro.


publicado por António de Almeida, às 11:40link do post | comentar

 Militantes recolhem assinaturas na Internet para candidatura de Jardim    

      -Depois de tanto se falar em vagas de fundo, Alberto João Jardim que ainda há poucos dias se auto-intitulou "general sem tropas", tem vindo afirmando repetidamente a necessidade de unir as várias candidaturas contra Manuela Ferreira Leite, vê agora surgir um movimento de recolha de assinaturas, visando a sua eventual candidatura. Dificilmente um movimento deste tipo avançaria sem o consentimento do próprio, mesmo que numa primeira fase não exista um envolvimento directo, mas Jardim tem dado mostras de querer ir a jogo, podendo este facto vir a ser apresentado como um pretexto para avançar, com a explicação de que agora não poderia abandonar quem o apoiou, a tal vaga, mesmo que encenada, acabará sempre por encontrar apoios. Quem tem razões para ficar preocupado será Pedro Santana Lopes, caso Jardim encontre justificação para avançar mesmo sem conseguir reunir as condições que tem apresentado, uma candidatura de união, o homem valerá cerca de 5 mil votos na Madeira, e certamente mais alguns um pouco por todo o país, o suficiente para fazer tremer as candidaturas já anunciadas, e relegar Santana para um quarto lugar, o que não deixaria de ser preocupante para o futuro político cada vez mais incerto, do ainda lider parlamentar do PSD.


mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
subscrever feeds
blogs SAPO