La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
14
Abr 10
publicado por António de Almeida, às 16:50link do post | comentar | ver comentários (7)

-Faz sentido! O PS irá apoiar a candidatura de Manuel Alegre após a formalização da candidatura por parte do histórico militante socialista. Assim de repente assaltam-me algumas dúvidas, irá Manuel Alegre juntamente com Francisco Louçã protestar contra a aplicação do PEC pelo governo, cuja necessidade Cavaco Silva defende? Aguardo com curiosidade as reacções por parte dos bloggers simpatizantes e até militantes do PS, que escreveram sobre Alegre o que Maomé não disse do toucinho. Imagino que alguns já andem a apagar posts...


07
Abr 10
publicado por António de Almeida, às 19:00link do post | comentar | ver comentários (1)

tags:

15
Dez 09
publicado por António de Almeida, às 17:46link do post | comentar | ver comentários (8)

   -Respeito e sinto apreço por pessoas que expressam e assumem opinião com frontalidade, sem condicionalismos, quer seja veiculada através da comunicação social a troco de pagamento, escrita num blogue ou mera conversa no círculo que se frequenta, até mesmo quando delas discordo totalmente. Já tenho mais dificuldade em tolerar oportunistas, principalmente quando servem os interesses dos que afirmam ser adversários, esquecendo o grupo a que pertencem por estarem mais interessados em saldar contas de mercearia ou travar guerrinhas de quintal. Apesar de já não ter idade para estranhar certas coisas afinal até já vi um elefante andar de bicicleta, continuo a não achar natural quando vejo alguém a tecer rasgados elogios aos opositores, a não ser que eles não se oponham assim tanto...


01
Out 09
publicado por António de Almeida, às 10:34link do post | comentar | ver comentários (9)

   -Uma eventual candidatura presidencial de Manuel Alegre desagrada à actual liderança do PS e também a Mário Soares, é o que se depreende das manobras de bastidores que visam convencer Jorge Sampaio a avançar, ou em alternativa Jaime Gama. Manuel Alegre está demasiado conotado com a esquerda e tem boas relações com o BE, o que poderia causar embaraços à governação de José Sócrates, que não esqueceu ainda as várias traições em votações na A.R., cometidas pelo histórico militante socialista, fruto de profundas divergências políticas entre ambos. Mais grave, a cada veto ou dificuldade colocada por Cavaco Silva, o PS cerra fileiras em torno do líder, com M. Alegre em Belém tudo seria diferente, passaria a existir uma luta fratricida entre os dois pólos de poder, risco que à partida não existe com Jorge Sampaio, conhecida a sua visão minimalista dos poderes presidenciais, a julgar pela prática ao longo dos anos em que ocupou o cargo.


19
Set 09
publicado por António de Almeida, às 12:39link do post | comentar | ver comentários (4)

   -Apenas encontro na inabilidade política da oposição, em especial no principal partido, justificação para o PS resistir, continuando à frente nas sondagens, ontem foram divulgadas várias, mas esse é um denominador comum a todas elas, a par da subida do BE, que consolida o 3º lugar e crescerá em mandatos, CDS/PP e CDU também apresentam uma tendência de subida. A maioria absoluta é quase certo não se repetirá, o que é um factor positivo a destacar, mas francamente, continuarmos governados por José Sócrates, o país merecia melhor. Apesar da melhoria do clima económico o desemprego continua a crescer, situação que será difícil de inverter, para cúmulo em 2010 governados pelo PS não teremos oportunidade de ver reduzida a TSU, nem sequer será colocado um ponto final no absurdo PEC.

tags:

12
Set 09
publicado por António de Almeida, às 20:22link do post | comentar | ver comentários (1)

     -Ontem Jorge Ferreira defendeu a necessidade de introduzir duas alterações, permitir candidaturas independentes e criar os círculos uninominais que há muito defendo. Mas não será fácil alterar o actual modelo, PS e PSD procuram dramatizar neste momento o apelo ao voto útil, transformando uma eleição parlamentar num plebiscito à escolha do próximo Primeiro-Ministro, subvertendo o espírito da Constituição, com a cumplicidade tácita um do outro, procurando esvaziar os partidos à esquerda e direita respectivamente, para insuflar uma vez mais o centrão ameaçado pelas sondagens de obter o seu pior resultado Histórico, conjugados os votos em ambos os partidos. Chegam hoje ao fim os debates televisivos, e apesar das boas audiências, o que demonstra interesse dos portugueses no seu futuro imediato, não se vislumbram grandes soluções para os problemas do país, nem existe propriamente uma dinâmica de vitória, José Sócrates e Manuela Ferreira Leite foram incapazes de gerar entusiasmo à sua volta, os estudos até agora divulgados apontam para um empate técnico, existe até a possibilidade de virmos a assistir a um fenómeno curioso, o partido mais votado eleger menos deputados do que o segundo, o que dependerá da distribuição de votos nos vários Distritos, seria até a meu ver algo desejável, apesar dos alertas que nos lançam diariamente sobre os perigos da ingovernabilidade, o actual sistema chegou a um ponto que não se reforma, excepto se a isso for obrigado. Vamos agora entrar no período de campanha eleitoral, mantendo-se a imprevisibilidade no resultado, assistiremos a um crescente de insultos, acusações e insinuações, procurando disfarçar a incapacidade absoluta de apresentar um programa claro, com respostas concretas, e convencer os portugueses que o mesmo será cumprido uma vez eleitos.
 

tags:

publicado por António de Almeida, às 13:46link do post | comentar | ver comentários (3)

   -Mesmo considerando desejável uma maior participação das mulheres na vida política, sempre considerei um absurdo a Lei da paridade, por lançar a suspeita que alguém entra numa lista apenas para preencher uma quota, o que é injusto em primeiro lugar para várias mulheres que exercem actividade política, algumas há já várias décadas, sem precisarem de qualquer favorecimento por género. Para cúmulo é uma Lei difícil de cumprir.

tags:

30
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 14:50link do post | comentar | ver comentários (4)

   -Concordo com a análise de Manuela Ferreira Leite, o Estado está hoje ao serviço do PS, graças à ocupação por boys de todos os lugares, chegámos ao ponto do responsável por um centro de saúde ser nomeado por razões de confiança política, alguém já esqueceu a gafe de Elisa Ferreira nas europeias, quando despudoradamente afirmou que "era dinheiro do PS"? Mas será igualmente importante que um futuro governo não se limite à substituição de titulares do cartão rosa por possuidores de cartão laranja, conhecendo o PSD e alguns dos seus militantes, convém estar alerta, existe um certo mimetismo entre ambos os partidos nestas matérias.

tags:

25
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 11:18link do post | comentar | ver comentários (1)

   -Sobre gastos de partidos em campanha eleitoral mantenho o que escrevi no Novo Rumo a propósito das legislativas. Estranho apenas que sendo o PSD o partido com maior número de autarquias, seja o PS quem gasta mais dinheiro, infelizmente do contribuinte. Resta obviamente saber se estes orçamentos agora apresentados serão cumpridos, mas isso é assunto lá mais para diante.

tags:

20
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 10:12link do post | comentar | ver comentários (6)

    -Apesar do querido líder ter afirmado não comentar disparates de verão, os socialistas parecem interessados em fazer render a novela das alegadas escutas aos assessores da Presidência.


18
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 09:57link do post | comentar | ver comentários (2)

   -A cooperação estratégica já conheceu melhores dias.


13
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 10:17link do post | comentar | ver comentários (6)
-Para quem não viu ontem, no programa "Negócios da semana", da SIC-N
tags:

08
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 09:30link do post | comentar

   -Há poucos dias o Conselho Nacional de Ética rejeitou através de parecer redigido por Daniel Serrão e João Lobo Antunes, o projecto-lei socialista do testamento vital. Agora o governo não reconduziu no cargo o prestigiado neurocirurgião, Conselheiro de Estado e antigo mandatário da candidatura presidencial de Cavaco Silva, causando alguma perplexidade em Belém. Desconheço se existia de facto algum compromisso entre a Presidência da República e o executivo, nesta questão em concreto, mas há pelo menos três décadas que o poder em Portugal é partilhado pelos dois partidos socialistas, no início da década de 90 dizia-se que para concorrer a um qualquer lugar no Estado era necessário ser titular do cartão laranja, substituído na segunda metade da década pelo rosa. Esta visão que alguns políticos, nomeadamente a esquerda, tem do país, está na base do atraso estrutural de que Portugal enferma, exemplos não faltam, da nomeação do Provedor de Justiça ao centro de saúde de Vieira do Minho, passando pelo Museu Nacional de Arte Antiga, a forma como o PS coloca os seus boys nos jobs disponíveis é despudorada, e por demais evidente, no entanto olhando para a forma como arrumaram a casa na Rua de Buenos Aires, bem patente na elaboração das listas de candidatos a deputados, onde imperou o amiguismo, a alternativa é tudo, menos entusiasmante.

 

Publicado ontem no Novo Rumo

tags:

07
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 22:14link do post | comentar

  -O PS com o seu comportamento vampírico, procura ocupar directa ou indirectamente todos os lugares de nomeação pelo Estado, mesmo em entidades que deveriam estar acima de toda e qualquer questão partidária, o CNECV pode estar com os dias contados.

 

Leitura complementar: Um país governado à esquerda

tags:

02
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 10:24link do post | comentar | ver comentários (5)

   -Pouco me importa a estratégia de PS ou PSD para vencer as legislativas, mas a visão que têm do país. Os socialistas demonstraram nestes 4 anos que não servem, o programa eleitoral não deixa margem para dúvida, o Estado continuará a olhar para o rendimento de particulares e empresas de forma vampírica. Dos sociais democratas não espero qualquer milagre, mas colocar um ponto final na mentira, embuste e trapalhadas governativas, que têm caracterizado os últimos anos, não são obviamente factores a desprezar. Ninguém parece verdadeiramente interessado em fazer as reformas que o país carece, reduzir o peso da administração, diminuir o peso do Estado na economia, descentralizar, aproximar eleitos de eleitores.

tags:

20
Jul 09
publicado por António de Almeida, às 00:01link do post | comentar | ver comentários (1)

  -A falta de apresentação aos portugueses das propostas do PSD, parece incomodar o PS, que gostaria de desviar a atenção do resultado dos seus quatro anos de governo, para fazer aquilo que sabe melhor, oposição à oposição, uma verdadeira imagem de marca de José Sócrates durante toda a legislatura, em particular nos debates parlamentares.

tags:

08
Jul 09
publicado por António de Almeida, às 18:02link do post | comentar | ver comentários (6)

   -Não gosto de José Sócrates, discordo politicamente do primeiro-ministro, mas isto já é ir longe demais, espero que as autoridades reponham a ordem identifiquem e apresentem à Justiça os responsáveis. Quero também acreditar que nenhum partido ou sindicato recorre a bandos de arruaceiros para obter dividendos políticos. Seria demasiado canalha.

tags:

publicado por António de Almeida, às 13:57link do post | comentar | ver comentários (7)

    -Existem algumas suspeitas, e certamente muitos factos por esclarecer, envolvendo partidos políticos, dirigentes, gestores de topo e instituições financeiras. Com a campanha eleitoral à porta o espectáculo não deverá ser bonito, preparem-se!

tags:

01
Jul 09
publicado por António de Almeida, às 10:39link do post | comentar | ver comentários (19)

   -Não simpatizando de forma alguma com o actual governo, compreendo as suas razões de queixa sobre a actuação do Presidente da República, são exactamente as mesmas que o PSD teve com Mário Soares no último mandato de Cavaco Silva, ou Pedro Santana Lopes, goste-se ou não, em relação a Jorge Sampaio. E se porventura o PSD até vier a vencer as próximas eleições, uma hipotética vitória de Manuel Alegre nas presidenciais poderá fazer virar o feitiço contra o feiticeiro. O problema não está nas pessoas, mas no sistema político, o semipresidencialismo é um híbrido que não conduz a parte alguma, acredito em regimes presidenciais, governos sem poder legislativo, que compete ao parlamento, fiscalizados por duas câmaras, deputados eleitos directamente pelo eleitor, mas tal implicaria uma reforma profunda do Estado. Com a actual Constituição, a III República já provou do que é capaz, e é muito pouco, face às necessidades do país.

tags:

27
Jun 09
publicado por António de Almeida, às 12:03link do post | comentar | ver comentários (4)

 

   -Como é óbvio, ninguém acreditaria que uma empresa fortemente condicionada pelo Estado, como é a PT, pudesse realizar um negócio com a envergadura da compra da TVI, sem dar conhecimento à tutela, para cúmulo numa área delicada, como a comunicação social.

tags:

mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
Twingly BlogRank
blogs SAPO