La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
04
Jun 10
publicado por António de Almeida, às 11:59link do post | comentar | ver comentários (10)

-O Ministério da Educação prepara um upgrade para alunos com dificuldade na aprendizagem, bastará instalar a versão 10.0 substituindo a 8.0, sem custos nem esforço para o utilizador, que será posteriormente certificado num qualquer diploma permitindo ao governo continuar a apresentar bons resultados, operando verdadeiros milagres estatísticos que demonstram o sucesso do eduques...


19
Mar 10
publicado por António de Almeida, às 13:19link do post | comentar | ver comentários (10)

   -É relativamente pouco importante as faltas dos alunos sejam consideradas justificadas ou injustificadas, se daí não forem extraídas outras consequências. Obrigar à realização de provas de recuperação, mas depois permitir que os faltosos transitem de ano com aproveitamento, porque o eduques entende ser antipedagógico e traumatizante chumbar os incapazes e pior, os que não querem aprender e apenas frequentam a escola porque o Estado a isso obriga, não me parece solução capaz de trazer a prazo algum benefício ao país, nem tão pouco aos próprios. Enquanto os professores não recuperarem a autoridade, não tenho medo e até gosto da palavra, que não confundo com autoritarismo, e não existir uma cultura de exigência que permita separar o trigo do joio, no que aos resultados diz respeito, o ensino público não é para levar a sério, mas apenas para gastar dinheiro do contribuinte sem grande proveito para a sociedade.


12
Mar 10
publicado por António de Almeida, às 13:02link do post | comentar | ver comentários (5)

   -Apesar dos 7 relatórios elaborados, o professor não recebeu qualquer apoio por parte da DREL. As "criancinhas" do 9º ano, certamente para não ficarem traumatizadas, já estão a ser acompanhadas por psicólogos...


publicado por António de Almeida, às 11:08link do post | comentar | ver comentários (4)

    -A maravilhosa escola inclusiva, alicerçada nos amanhãs que tardam em cantar, provocoumais uma vítima. Normalmente as vítimas são alunos, desta vez foi um professor, cansado de ser enxovalhado, impedido de dar aulas por quem está na escola apenas a passar o tempo, gastando dinheiro ao contribuinte. É para manter este tipo de gente ocupada, que o governo quer introduzir o ensino obrigatório até ao 12º ano de escolaridade? 


08
Jan 10
publicado por António de Almeida, às 11:56link do post | comentar | ver comentários (4)

   -A política de educação foi dos sectores mais contestados durante a anterior legislatura, tendo contribuído fortemente para a perda de maioria absoluta. Agora com maioria relativa o governo mostrou abertura para o diálogo, conseguindo alcançar em 2 meses um acordo que não conseguira em 4 anos. O PS necessita desesperadamente deste segmento do eleitorado caso a legislatura venha a ser interrompida, como parece ser a estratégia de médio prazo de José Sócrates, procurando então recuperar a maioria perdida.


22
Out 09
publicado por António de Almeida, às 12:00link do post | comentar | ver comentários (12)

   -Nos últimos dias tem existido alguma polémica sobre os castigos ou praxes aplicadas a alunos do Colégio Militar. Convém relembrar que se trata de uma instituição militar de ensino, considerada escola pública, com mensalidade fixada em 681 Euros, à qual os encarregados de educação de forma voluntária confiam a educação dos seus filhos, visando neles incutir um espírito de organização e disciplina. Não defendo obviamente agressões e alguns excessos que manifestamente são casos de polícia, mas queixas sobre a dureza dos castigos ou exigência demasiado rigorosa em matéria de comportamento, francamente. Existem outras escolhas disponíveis no mercado, felizmente não somos todos iguais...


02
Set 09
publicado por António de Almeida, às 16:22link do post | comentar | ver comentários (3)

-Com letra e música de José Sócrates e Maria de Lurdes Rodrigues, interpretação de Bonga.

 


24
Ago 09
publicado por António de Almeida, às 09:18link do post | comentar | ver comentários (5)

   -A exigência tem vindo a baixar ao longo dos anos, basta recordar o facilitismo que se tem verificado em sucessivos exames, para além da análise de diversos especialistas, as novas oportunidades produziram o "milagre" de diminuir o abandono escolar. Para quando mesmo um sistema de ensino com alunos bem preparados? É que este resultado não surpreende, mas é pouco credível.


27
Jul 09
publicado por António de Almeida, às 17:01link do post | comentar | ver comentários (9)

   -Caso a Fenprof decida entrar na campanha eleitoral, arrisca uma derrota nas urnas, que inviabilizará qualquer possibilidade de negociação quanto á avaliação e estatuto da carreira docente. Será prudente da parte dos professores não tentarem condicionar as legislativas, que não controlam, de contrário transformam as eleições também num plebiscito á reforma do sector, e já lá vai o tempo em que a legitimidade da rua se sobrepunha à dos votos.


16
Jul 09
publicado por António de Almeida, às 18:21link do post | comentar | ver comentários (9)

   -Os professores que não entregaram objectivos individuais, sabiam à partida estarem a desrespeitar uma orientação do Ministério da Educação, da qual podem legitimamente discordar, mas não boicotar por sua livre iniciativa. Quem não cumpriu terá agora de sofrer as consequências, por outro lado quem promoveu tão bizarra avaliação será julgado, não apenas, mas também pelo facto no dia 27 de Setembro. Os portugueses que decidam, por mim no Outono teremos outro governo.


08
Jul 09
publicado por António de Almeida, às 00:12link do post | comentar | ver comentários (1)

   -No passado ano lectivo existiu uma aposta no facilitismo, que permitiu subir o resultado de matemática de 10 para 14 valores. Denunciada a situação, o Ministério da Educação foi obrigado pela opinião pública a elaborar provas com um grau de dificuldade mais razoável, o resultado como não poderia deixar de ser está longe de ser brilhante, para a Ministra a culpa será obviamente da comunicação social. E que tal aumentar o grau de exigência e rigor na educação?


02
Jul 09
publicado por António de Almeida, às 15:02link do post | comentar | ver comentários (2)

   -A educação terá sido dos sectores onde o governo sofreu maior contestação, e também onde mais errou, umas vezes por culpa própria, outras por ter concedido rédea livre aos seus boys and girls, Margarida Moreira é um bom exemplo. Não surpreende que Manuela Ferreira Leite prometa alterar a política de educação se ganhar as eleições, mas até lá terá de passar por uma campanha eleitoral, onde será confrontada com o seu passado quando foi titular da pasta, no governo do prof. Cavaco Silva. É insuficiente dizer que se altera, há que esclarecer também o que se vai mudar, se existe matéria onde o PSD se pode claramente demarcar do PS é esta, cabe pois aos sociais-democratas apresentarem um programa claro, com medidas concretas.


23
Jun 09
publicado por António de Almeida, às 23:38link do post | comentar | ver comentários (3)

   -Hoje o exame de matemática terá sido fácil, ainda que não escandalosamente, quando comparado com o ano passado. Na passada semana foi pedido a alunos do 9º ano de escolaridade, que achassem a média de 3 números, mas com recurso a calculadora, se isso não é facilitismo, então desconheço o que seja facilitismo. No essencial mantenho o que aqui escrevi.


22
Jun 09
publicado por António de Almeida, às 18:18link do post | comentar | ver comentários (2)

   -Pelos vistos mais uma prova elaborada segundo critérios de facilitismo, obedecendo a superiores interesses estatísticos. Quando os resultados forem divulgados, os técnicos do eduques irão mais uma vez cantar vitória, enquanto os alunos podem ter obtido boas notas, mais difícil será terem adquirido conhecimento. Para aqueles que me criticam, afirmando que não sei do que falo, deixo o Parecer da Sociedade Portuguesa de Matemática. A APM, mais próxima do Ministério da Educação, considera a prova adequada.


19
Jun 09
publicado por António de Almeida, às 18:55link do post | comentar | ver comentários (4)

    -A palavra-chave no momento é mesmo, humildade. Vá-se lá perceber porquê, soa a falso.


18
Jun 09
publicado por António de Almeida, às 18:51link do post | comentar | ver comentários (8)

   -Não será difícil prever que no próximo ano lectivo os resultados serão ainda melhores, quando comparados com os actuais. É assim o maravilhoso sistema de ensino público, o eduques, ano após ano formando medíocres, procurando não ferir susceptibilidades. Mais tarde o mercado de trabalho se encarregará de colocar tudo no seu devido lugar. A factura é paga por todo o país com baixa produtividade, e múltiplos problemas sociais.


16
Jun 09
publicado por António de Almeida, às 14:45link do post | comentar | ver comentários (7)

“Muito fácil, super acessível”, resumia Pedro Pereira, 17 anos.
 

   -O Ministério da Educação continua a optar pelo facilitismo na elaboração de exames, que mais tarde permitem ao governo apresentar resultados brilhantes em relatórios "tipo OCDE".


30
Mai 09
publicado por António de Almeida, às 19:46link do post | comentar | ver comentários (1)

   -Final do mês, sábado, excelente dia de praia, perto do final do ano lectivo, sem qualquer perspectiva de alteração no sistema de avaliação durante a presente legislatura, ainda assim a manifestação de professores foi bastante participada, 50 ou 70 mil é uma questão acessória. A perda da maioria absoluta de José Sócrates, também pode passar por aqui.


26
Mai 09
publicado por António de Almeida, às 15:45link do post | comentar | ver comentários (7)

  -Gostaria de perceber a quem pertence a autoria desta pérola linguística, que consta no comunicado da Plataforma Sindical de Professores, "Os sindicatos afirmam que a adesão dos professores à greve nas duas primeiras aulas de hoje variou entre os zero e os 100 por cento." Até eu que nada tenho a ver com o assunto seria capaz de avançar com números tão certeiros quanto estes. Certo é que a adesão parece ter sido fraca, o que significa mais uma vitória do Ministério da Educação, ao que parece os professores já desmobilizaram, aguardando pela próxima legislatura, muito provavelmente com outro responsável pelo sector, e talvez por um governo sem maioria absoluta do PS.


20
Mai 09
publicado por António de Almeida, às 09:10link do post | comentar | ver comentários (7)

    -Após visualizar o vídeo gravado numa sala de aula em Espinho, desconheço as sanções em que incorre aquela professora, mas tenho a certeza que está a mais no ensino público, familiar meu não frequentaria as suas aulas nem mais um dia. Mais grave que a linguagem utilizada, ou conversar sobre sexo durante a aula de História, terá sido as ameaças veladas que deixa implícitas aos alunos, quando afirma que será ela a corrigir os testes, em seguida pergunta a uma aluna pela escolaridade da mãe, procurando de imediato puxar os galões para si própria, exaltando o seu curriculum académico, demonstrando uma inqualificável falta de decência.


mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
Twingly BlogRank
blogs SAPO