La démocratie donne toute sa valeur possible à chaque homme, le socialisme fait de chaque homme un agent, un instrument, un chiffre. - Alexis de Tocqueville
18
Jul 08
publicado por António de Almeida, às 17:34link do post | comentar

        -Cristiano Ronaldo fica no Manchester United, anuncia hoje sir Alex Fergusson. Mas seria suposto que o campeão europeu abrisse mão do seu jogador mais valioso da temporada passada? Ouvi de tudo, desde sonho em jogar por determinado clube, á necessidade de respeitar a vontade do jogador, passando pela utilização do termo escravatura, algo manifestamente exagerado quando falamos de alguns dos mais bem pagos profissionais do planeta. Engraçado, não ouvi ninguém falar em ética, respeito pelos compromissos assinados, talvez porque no mundo do futebol mandam interesses obscuros, agentes FIFA, negócios de transferências milionárias, direitos de imagem e venda de camisolas. Nada tenho contra o mercado, entenda-se, mas não gosto que se ultrapassem os limites da decência, e utilizem golpes baixos, muito menos com o assentimento tácito da entidadr reguladora, a toda poderosa FIFA. Cristiano Ronaldo também se prestou a este lamentavel episódio, seria preferivel que se ocupasse a trabalhar a manifesta falta de inspiração que o afecta nos momentos decisivos, como a final da Champions ou o EURO 2008, onde falhou, para que possa vir a conseguir ser o melhor do mundo como ambiciona, por agora só o consegue a vender revistas cor de rosa.

tags:

David Beckam falou de ética. E ainda bem que tu também falas porque é da ética que se trata.
O resto é pobre. Ronaldo é pobre de ética, parece-me.

Abraço
sol poente a 18 de Julho de 2008 às 18:06

-Se a ganhar ainda poderá crescer como jogador.

Ele tem muito que crescer. Quando se deixar de vedetismos bacocos e começar a jogar em equipa, pode ser que se torne num bom jogador. Até lá, mais valia que se concentrasse mais em jogar, aprende,r e não se dedicasse tanto ao circo mediático.
Ricardo Cataluna a 18 de Julho de 2008 às 18:57

-Ele já é um grande jogador, não o melhor do mundo, mas um grande jogador. O excesso de vedetismo pode traí-lo.

O António vai ao meu blogue, e por isso sabe qual é a minha opinião sobre o C. Ronaldo. Mas para resumir, e como li num comentário do Times: A great player not a great man

E é obvio que é assim. No entanto, parece-me que ele vai "sofrer as consequencias" este ano, se realmente ficar no Man Unt. Os ingleses não estão nada satisfeitos com o comportamento dele e nada vai voltar a ser com era dantes para o Ronaldo.

-Já vimos o fillme de não estarem satisfeitos com ele resultar no inverso. Se o assobiarem motiva-se.

António não estou apenas a falar de assobios. Ronaldo era o "menino de ouro" do Manchester. Eles gostavam dele, embora já tivesse reconhecido que o caracter do rapaz não eram grande coisa. Mas desculpavam porque, enfim, era bom jogador.
Mas agora vai ser diferente. O erro que ele faça, o passe que ele falhe, vai aparecer nos jornais, vai ser falado, vai ser condenado.
Se há coisa que os adeptos de futebol ingleses não toleram é este tipo de coisas.

-Poderá existir alguma desconfiança inicial, se a época eventual correr mal a Daniela tem razão, mas a culpa é de Ronaldo que se colocou a jeito, no entanto se começar a jogar bem e marcar golos os assobios desaparecem. Os adeptos ingleses não são diferentes dos outros, apenas têm melhor comportamento nos estádios porque a escumalha foi retirada dos campos de futebol.

António Almeida
Cristiano Ronaldo é um grande jogador mas como pessoa não me fascina. É certo que é jovem mas a sua postura, no geral, deixa muito a desejar. Pode ser que amadureça e melhore a sua forma de estar e de actuar mas não me parece que esteja ali uma grande pessoa.
Abraço
Silêncio Culpado a 18 de Julho de 2008 às 20:56

-Espero que sim, para bem do próprio.

Boas, António Almeida. Se Cristiano não é o melhor do mundo. depois da época que fez, quem é? As questões de ética podem ser pertinentes, simpatizar com o rapaz, idem, aspas, aspas, mas confundir jogador e homem, é o mesmo que dizer que detestamos Miguel Ângelo e Beethoven porque tinham mau feitio. Por outro lado, esta sociedade consumista tornou-nos juízes de carácter sobre pessoas que mal conhecemos... e lá vamos sendo felizes.
António Cardoso a 18 de Julho de 2008 às 22:29

-Meu caro, o título de melhor do mundo obtem-se ao longo do ano, sendo obviamente importante a forma evidenciada nos momentos mais decisivos. Os que brilharam a grande altura no Euro, como Xavi, viveram épocas miseraveis, outros como Ronaldo, viveram situação inversa. Penso que apesar de tudo talvez tenha hipoteses este ano, tal como Fernando Torres ou Snjeder, veremos o que ainda fazem nos primeiros 2 meses da nova época, no entanto quis realçar que para ser o maior não basta ser bom, tem de se ser o melhor, dentro e fora do campo, Ronaldo ainda falha, embora tenha grande margem de progressão, deveria era deixar-se de vedetismos que o prejudicam. Não gostaria de vê-lo acabar como Maradona, o melhor jogador que vi, não obrigatoriamente o melhor de sempre.

Boas. Discordo, claramente. De acordo que poderão existir outros jogadores a ganhar o prémio de melhor jogador do mundo. Nestas, como noutras, a subjectividade da escolha é, ao mesmo tempo, a beleza da coisa, Mas, falar em "fora de campo" e "ser homem", não tem nada, 'nadíssima' a ver. Um prémio de bom jogador ganha-se no relvado, o de actor na sua performance, o de pintor na sua obra, o de escritor idem, e assim por diante. Se têm vedetismos ou desgostamos das atitudes, nada importa. Apenas o talento. E, como calculava, a indicação de um jogador melhor do que o Cristiano, no presente ano, pautou-se em dois ou três nomes retirados de uma competição mediática. O Torres??? Se um jogador for o melhor do mundo por um golo... Não dá para contornar o facto de que não há memória, na Europa, de uma época tão fulminante, em golos e génio, por um jogador que não é... ponta de lança. Mas, como tudo, planamos no campo da subjectividade, onde, pelos vistos, ser "vedeta" ou não, conta para a generalidade de opinadores e apreciadores da bola disputada por onze + onze.
António Cardoso a 19 de Julho de 2008 às 01:23

O Torres??? Se um jogador for o melhor do mundo por um golo.
-Por isso tive o cuidado de afirmar que os próximos meses poderão ser decisivos, pois a escolha será feita pelos selecionadores nacionais, e a votação ainda ´não se realizou, C.Ronaldo poderá ser favorito, mas Torres, Casillas, Snejder não podem ser desde já descartados.

mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





comentários recentes
comunismo=fascismo
Gostam de falar sobre os mamarrachos mas esquecem ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
Muito Bom post. Realmente, este flagelo agrava em ...
A Censura anda muito activa nos comentários dos bl...
Posts mais comentados
pesquisar neste blog
 
arquivos
links
Twingly BlogRank
blogs SAPO